segunda-feira, 5 de junho de 2017

ENTREVISTA COM AGUITHA LAR, AUTORA DE MARCADA PELAS CHAMAS

SINOPSE: Foi através da dor que ela cresceu. Foi após as cinzas que ela nasceu. Suas noites eram atormentadas por pesadelos e lembranças que ela desejava apagar da memória. Para Carlee, o impossível torna-se possível a cada amanhecer. Tudo em que ela acreditava se tornou nada mais que mentiras. Enquanto todos os seus medos se tornavam reais, ela se tornou mais forte. Os monstros não moravam mais nas histórias de sua mãe, agora eles estavam vivos, vivos e ao seu lado, prontos para ferir e arrancar-lhe as forças novamente. O que fazer quando a maior traição vem de onde menos se espera? E se aqueles em que você mais confia fossem capazes de destruir sua vida em apenas um piscar de olhos. Preparem-se! Porque ela está vindo para começar sua caça!


Como surgiu a ideia de escrever “Marcada Pelas Chamas”? Eu não me lembro da onde surgiu o nome do livro, se foi por causa de um filme que vi, uma música que ouvi ou um livro que li, o nome simplesmente surgiu do nada.

Quanto tempo demorou para a história ficar pronta? O livro ainda está em andamento, faltando pouco menos de 10 capítulos para o fim do primeiro livro da trilogia.

O que o leitor pode esperar de “Marcada Pelas Chamas”? Meus amados leitores podem esperar muita superação, muito aprendizado com a dor e que o amor pode sim ser maior que o ódio. Que não importa quanto tempo busquemos por vingança, o quanto queiramos ferir alguém, nunca, apenas um sai machucado. Mas que tendo alguém ao seu lado dores e feridas podem ser facilmente curadas. Marcada Pelas Chamas mostrará na sua reta final que obstáculos bem maiores estão por vir, mas que ao contrario do que vimos até agora, ela não estará mais sozinha. Que a batalha perdida, agora se transformará em uma guerra vencida.

Qual autor ou autora é seu preferido? Eles de alguma maneira te inspiraram a escrever? Minhas autoras preferidas são Jojo Moyes, Julia Quin, Mia Sheridan, Camila Munhóz e a linda Mila Wander. E sim, de alguma forma elas me inspiraram muito, mostrando, seja na ficção, no drama, na comédia, no romance que o amor é sempre único. Ele é intenso, verdadeiro, um grande lutador, e um grande protetor.

Se "Marcada Pelas Chamas" pudesse ter uma trilha sonora qual música você escolheria? Se tivesse um trilha sonora com certeza seria The Greatest - Sia.
Você segue carreira apenas como escritor ou tem outra profissão? Por enquanto sou apenas escritora e uma jovem aprendiza da vida. Mas no futuro espero poder ser uma grande Médica.

Deixe uma mensagem para nossos leitores: No livro, Carlee sempre diz que faz do seu medo sua força, mas eu digo a vocês para que não façam isso. Faça do seu medo seu aliado, não sua força. Faça da sua força, o amor. O amor por quem está ao seu lado, por alguém que você admira amor pelos seus sonhos e pela sua vida. E se você de alguma forma odeia, e não pode perdoar alguém, perdoe. Um coração carregado de ódio te suja e te impede de ser feliz por completo, não perca seu tempo aqui odiando. Sorria, ame, e seja humilde. Grite para o mundo que você é feliz, ria na cara do seu “inimigo” porque ele não pode ter uma vida como a sua. Regada de coisas boas.  E se  por algum percalço nada der certo ouça o que meu querido amigo Max Lucado sempre diz “Alimente sua fé e seus medos morrerão de fome”.

Aguitha Lar tem 17 anos e mora em Paraíso do Tocantins - TO.

PARA LER "MARCADA PELAS CHAMAS" CLIQUE AQUI!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com o Facebook: