quarta-feira, 30 de agosto de 2017

ENTREVISTA COM BIANCA RIBEIRO, AUTORA DE DOMINADORES - AS TRÊS DIVISAS

SINOPSE: Você conseguiria imaginar se todas as histórias de horror, monstros e guerras que sempre te contaram fossem verdade? Você consegue imaginar nascer humana e um dia acordar dominadora? Grace sempre acreditou que era humana, até o dia em que o primeiro monstro a encontrou. Todas as histórias que seu avô contava sobre os dominadores agora eram reais, e ela não estava mais segura ao seu lado. Agora ela deve partir para as três divisas, o lugar mais seguro para os jovens que se encontram em transição do mundo humano para o mundo caótico a que pertencem. Mas será que é tão seguro quanto dizem? Será que grace pode confiar naqueles ao seu redor?


Como surgiu a ideia de escrever “Dominadores – As Três Divisas”? A ideia de escrever "Dominadores" surgiu progressivamente, eu não sentei e pensei "Preciso escrever um livro", uma ideia inicial simplesmente surgiu e com ela foi desencadeando outras ideias, melhorias na estória, um enredo que encaixasse não só a estória de Grace, a personagem principal, mas também todos os personagens do livro. Eu me lembro que estava em casa quando a ideia de criar o mundo dos Dominadores surgiu, três espécies de descendentes dos Absques dividindo o mesmo espaço e enfrentando suas diferenças para sobreviver. Me lembro de ter essa espécie de "insight" e correr para o bloco de anotações mais próximo, onde escrevi essa ideia, e em seguida toda vez que voltava a pensar nela mais e mais ideias me surgiram, e quanto mais eu anotava, mais envolvida ficava com a estória. Um livro se formou através da minha imaginação.

Quanto tempo demorou para a história ficar pronta? Eu terminei o primeiro livro há cerca de 2 anos, na época, com as constantes ideias surgindo sem parar, ele foi finalizado em 2 meses, com algumas mudanças eventuais no enredo.

O que o leitor pode esperar de "Dominadores - As Três Divisas"? "Dominadores" é muito mais além de uma fantasia, ele traz à tona conceitos de família e o quão longe você iria e o que arriscaria para mantê-la segura, é sobre traição, amizade, mentiras, ambição pelo poder, coragem, preconceito, e vai te fazer questionar o que é certo ou errado para cada um de nós. No primeiro livro eu procurei expressar a confusão de Grace com todo o mundo Dominador, afinal ela acabou de descobrir que ele existe e que faz parte dele, é assustador para ela, mas o que mais a intimida não são as lutas que ela tem que enfrentar duramente, ou os domínios que tem que controlar, mas sim as verdades sobre sua vida e história que começam a vir à tona. A personagem principal está em uma constante mudança, desde o início do livro até o final ela evolui em seu pensar, agir e percebe que nem tudo é tão perfeito quanto ela sempre achou. Algumas feridas são abertas e os conflitos são inúmeros após isso. É uma estória progressiva, e a Grace tem muito a mostrar ao longo dela! Assim como os demais personagens que se tornam sua nova família, cada um deles vai te emocionar, eu garanto!

Qual autor ou autora é seu preferido? Eles de alguma maneira te inspiraram a escrever? Eu não tenho exatamente um autor favorito, admiro vários autores e procuro sempre me inspirar neles, seja em sua maneira de escrever ou a trajetória de vida. Mas dentre todos, as minhas favoritas são: J.K Rowling e a capacidade dela de criar um mundo tão incrível quanto o de Harry Potter, além da força e da perseverança que ela têm, que me serviu de exemplo para nunca desistir da minha obra. Veronica Roth também me inspira muito com "Divergente" porque eu tentei fazer com que a minha personagem fosse um modelo de coragem e força que a personagem "Tris" representa em "Divergente". Além delas, Gillian Flynn me encanta com a maneira que escreve e interliga todos os mínimos detalhes à conclusão dos casos dos seus livros mais conhecidos, como, por exemplo, "Objetos Cortantes" e "Garota Exemplar".

Se "Dominadores - As Três Divisas" pudesse ter uma trilha sonora qual música você escolheria? Definitivamente "A Light That Never Comes" do Linkin Park, todas as cenas de luta, adrenalina e revolta foram escritas ao som dela. Além de que, acredito que ela revela em alguns versos a maneira como Grace se sente ao longo da trama.
Você segue carreira apenas como escritor ou tem outra profissão? Eu sou estudante, faço faculdade de Psicologia.

Deixe uma mensagem para nossos leitores: Não deixem de conferir "Dominadores", é uma obra que eu escrevi com muito carinho e dedicação. E para todos que gostam de viajar entre os diversos mundos dos livros: Sejam bem vindos ao mundo dos Dominadores, e que os Absques os protejam!

Bianca Ribeiro tem 18 anos e mora em Presidente Prudente - SP.

PARA COMPRAR "DOMINADORES - AS TRÊS DIVISAS" CLIQUE AQUI!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com o Facebook: