quarta-feira, 30 de agosto de 2017

RESENHA DO LEITOR: DESEJO PROIBIDO

SINOPSE: Primeiro livro de uma trilogia, “Desejo proibido” é uma história de amor e redenção, de universos distantes que se aproximam e se fundem numa paixão avassaladora. Seu amor é proibido, mas não pode ser ignorado. Katherine Lane nasceu em berço de ouro. Filha e neta de senadores, a bela ruiva de olhos verdes e curvas perfeitas se formou em Literatura e surpreendeu a todos ao decidir dar aulas em uma penitenciária. Mas quando Carter, um detento inteligente e perigosamente sexy, desperta ao mesmo tempo a raiva e o desejo de Kat, ela é forçada a admitir para si mesma que a decisão de lhe dar aulas particulares pode ter sido motivada não pela generosidade, mas sim pela crescente atração entre os dois. Embora a família e os amigos de Kat temam que a paixão destrua sua carreira e sua vida, tudo o que ela quer é ficar com esse homem que a faz sentir-se completa. Porém Carter guarda um segredo que tanto pode unir seus destinos para sempre quanto afastá-los de uma vez por todas.


Ganhei Desejo Proibido no natal passado (palmas para os meu pais que me deram livros de presente kkkk).... Sim, demorei isso tudo para ler – não me julguem por isso! Sei que demorei muito para ler o livro e que ele não é nenhum lançamento, mas gostei demais da história e quero dividir como vocês minhas impressões sobre a história, o casal, enfim, sobre tudo! Borá lá? Em Desejo Proibido o leitor conhece Katherine Lane e Wesley lindo Carter. Kat ou Pêssegos (apelido mais fofo que Wes deu à Kat) é uma jovem professora de 25 anos. Ela decidiu ser professora após a morte de seu pai. Para continuar o legado do pai e ajudar as pessoas Kat foi trabalhar com detentos em Arthur Kill (prisão), indo assim, totalmente contra a vontade de sua mãe e amigos. Pêssegos, perdeu seu pai muito nova, aos 9 anos de idade... ela também teria morrido, porém um menino misterioso a salvou.


Tudo indo muito bem, obrigado! Até que um belo dia, Kat fica sabendo que terá um ALUNO NOVO. Isso mesmo!! Carter... bem, ele não é lá um doce de aluno. Carter é bem esquentadinho e isso é motivo para uma série de coisas. Carter está prestes a conseguir sua condicional, entretanto, para isso ele precisa de Kat e suas aulas. Mesmo que de primeira eles não tenham se dado tão bem, Kat encara o desafio de ajudar seu aluno gato lindo Carter. A grande questão é: Wesley Carter fica extremamente e estranhamente mexido pela bela professora. Mas, não é algo apenas carnal, uma atração física. É algo bem mais forte e “velho” que isso. Wes assim como Kat, possui um passado triste e várias escolhas erradas. Após muitas aulas e biscoitos Oreo com leite (comida predileta de Wes) Carter e Kat não conseguem mais resistir a força do amor, se entregando assim a um amor forte e avassalador! Agora só cabe ao casal fazer esse amor lindo dar certo!


– Me diga o que você quer – disse ele num tom rouco. – Continue olhando pra mim desse jeito e juro por Deus que lhe darei o que quiser.

Todo o foco da história do livro 1, é o casal – claro! Porém, a participação dos personagens secundários é de grande importância. Com uma narração em terceira pessoa, o livro me prendeu do começo ao fim. Mesmo sendo em 3ª pessoa, o leitor pode acompanhar a “visão” de cada personagem. Pois, os capítulos vão alternando entre Carter e Kat. Poder compartilhar o que o casal passou na infância e nos dias atuais só fez com que a leitura se tornasse mais forte e apaixonante. No geral amei tudo! Sou fácil assim kkkk – a leitura flui muito bem, as emoções dos personagens são bem descritas. O livro tem uma pegada hot, mas o amor entre eles é bem mais que as cenas de sexo... Já estou com o livro 2 na lista... e recentemente fiquei sabendo que existe um conto entre o livro 1 e o livro 2 (em breve resenha deles para vocês!). Bem, isso é tudo! Vou me despedindo por aqui! Beijos, Renara.


VITAMINAS:


RESENHA ESCRITA POR: RENARA CABRAL PEREIRA PAVEZ
25 anos, capixaba e casada. Formada em pedagogia. Amo ler e dar aula. A leitura me faz viajar!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com o Facebook: