quarta-feira, 28 de março de 2018

PRIMEIRAS IMPRESSÕES: O MONSTRO ATRÁS DA PORTA

SINOPSE: Rodrigo Montibeller é um renomado detetive nacional. Em um dia qualquer, seu telefone toca durante a madrugada e ele e seu parceiro Alexandre são chamados para uma cena onde ocorreu um crime muito semelhante à outro, no mesmo local, e ainda sem solução.  A corrida contra o tempo se inicia. Ameaças colocam em risco a vida das pessoas ao redor deles. Sem pistas de onde começar e para onde ir, os detetives se veem no caso mais desafiador de suas carreiras. Telefonemas suspeitos, bilhetes ameaçadores, segredos revelados e uma investigação atrás de um assassino que nunca perde a linha e nem deixa vestígios. Repleto de suspense e mistérios, “O Monstro Atrás da Porta”, é um prato cheio para quem é fã de grandes reviravoltas e promete deixar qualquer um sem fôlego.


Dessa vez as minhas Primeiras Impressões vão para O Monstro Atrás da Porta. Onde conhecemos a história de Rodrigo Montibeller, um experiente detetive boa pinta (sim, esse adjetivo denuncia a minha idade rsrs) que ama sua profissão e parece estar nela há bastante tempo. Rodrigo neste momento, conta com um novo assistente que está muito animado em solucionar seus primeiros casos. Rodrigo, mais experiente, já sabe que essa empolgação não surte muitos efeitos e sempre pensa que o novo colega deveria ter mais calma para cumprir suas atividades.


O novo companheiro se chama Alexandre e já está totalmente mergulhado nos arquivos da delegacia, querendo conhecer tudo e, claro, resolver todos os casos. A dupla foi chamada para atender uma nova investigação, um caso de homicídio. Na mesma data, no ano anterior, Rodrigo se deparou com a mesma cena de crime, um homem havia sido abusado e morto em seguida, e um bilhete com recortes de jornal (igual naqueles filmes e seriados que assistimos e duvidamos que possa acontecer) foi endereçado a ele junto à vítima.


Agora na mesma data, dia das bruxas, ele se vê diante da mesma situação e o assassino deixou outro bilhete endereçado ao detetive. Rodrigo se preocupa em imaginar que o assassino já tenha muitos dados sobre ele, por exemplo, sabe onde é o seu trabalho, seu nome completo. O que mais ele pode saber sobre sua vida? 


A história se passa em uma cidade em Recife e já fiquei imaginando o sotaque maravilhoso dos personagens. A leitura é dinâmica e de fácil entendimento. A história parece ser boa na forma de trazer mistério ao misturar detetives em busca e assassinos com perfil parecido, praticando crimes na mesma época de halloween. Seria um serial killer? Mistériooosss!!! Beijos, até a próxima!


PARA COMPRAR "O MONSTRO ATRÁS DA PORTA" CLIQUE AQUI!


PARA ASSISTIR O BOOK TRAILER DO LIVRO CLIQUE AQUI!

RESENHA ESCRITA POR: GREISI SILVA

28 anos, administradora e artesã nas horas vagas, apaixonada por leitura e artes, não vivo sem música, poesia e cinema. Descobri que viajar é preciso e comer pipoca é fundamental para se ter boas ideias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com o Facebook: