quarta-feira, 16 de maio de 2018

RESENHA DO LEITOR: A ESFINGE DOS GELOS

SINOPSE: Trata-se de uma homenagem de Verne ao escritor americano Edgar Allan Poe, na forma de uma continuação da história e geografia retratada nos eventos e descobrimentos do "livro inacabado" de Poe, chamado "A Narrativa de Arthur Gordon Pym". Relata as expedições em busca de um continente austral. A aventura inicia-se nas Ilhas Kerguelen e perpassa os grandes arquipélagos do Atlântico Sul, a bordo da escuna Halbrane. É narrado a partir das observações de Jeorling, um americano que tenta voltar para sua terra.


“O espírito aventureiro dos homens desvenda o segredo da insólita natureza dos gelos árticos”

Apesar de toda a beleza e mistério que envolvem as obras de Júlio Verne, e apesar desta, em particular, também envolver mistério, suspense e aventura, confesso que a leitura foi um tanto maçante. Com uma linguagem rebuscada e detalhista, o autor descreve  características geográficas e históricas das paisagens onde acontece toda a trama. As personagens são descritas física e psicologicamente, dando ao leitor uma visão pormenorizada das intenções dos diálogos e atitudes de cada uma. "A Esfinge dos Gelos" homenageia o escritor americano Edgar Alan Poe, dando segmento à sua obra inacabada "A Narrativa de Arthur Gordon Pym".


Repleta de viagens desbravadoras e contos fantásticos, temos uma narrativa em primeira pessoa. O pesquisador Jeorling é nosso protagonista. Este, parte numa aventura que o leva em busca de provas da existência das personagens da obra de Poe. Por ser um romance repleto de contos fantásticos, o livro escrito por Poe é considerado ficção. Ao conhecer o Capitão Len Guy, Jeorling não acredita serem críveis suas narrativas. Este, afirma não apenas conhecer todas as personagens do livro de Poe, mas também ser irmão de um deles. Tendo que viajar na embarcação do Capitão, já que esta é a única forma de deixar a ilha em que se encontra, Jeorling continua a duvidar das histórias deste, até que durante a viagem, estranhos acontecimentos e uma prova cabal da existência e veracidade dos fatos narrados por Poe e pelo Capitão, vem à tona.


A partir daí os tripulantes da "Halbrane" (embarcação em que se encontram), vão em busca da "Jane" (embarcação que transportava Arthur Pym e seus marinheiros, onze anos atrás). A leitura foi cansativa, mas valeu a pena. O livro está dividido em duas partes, sendo que a segunda nos trás muito mais ação e aventura. Enfim, recomendo este livro aos fãs de Poe e Verne. Aos demais "talvez" seja uma leitura cansativa, mas esta é apenas minha opinião. Espero que, ainda que por curiosidade, vocês leiam e tirem suas próprias conclusões.


VITAMINAS


RESENHA ESCRITA POR: SIMONE TORRES
40. Pedagoga e Teóloga. Leitora compulsiva, cinéfila e amante dos animais. Fazer arte é o que mais amo depois de ler.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com o Facebook: